sábado, 31 de dezembro de 2011

2012 para a Primavera Arabe

Até onde ou em quais países se estenderá essa revolta popular que se chama de "Primavera árabe"? De fato o Egito tirou um ditador, mas a junta militar não agrada mais ao povo. Na Siria, as violentas repressões ainda mantém a família Assad no poder. Mas esse povo que está lutando tem realmente condições intelectuais e racionais de saber eleger um novo governante. Será que já não chegou no ponto de anarquia generalizada, onde basta ser governo para ser contra?
Veremos também até onde a conivência americana com esses conflitos poderá chegar, já que por muito menos houve invasão de países bem menos problemáticos. Talvez quando chegar a vez do Irã ou Israel o Tio Sam faça algo ou fale algo. Claro que em posições, nesse caso, bem opostas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário